Inicial | Postagens RSS | Comentários RSS | Editar

Gênesis

sábado, 11 de abril de 2009

(Fotografia - André L. Soares)
.
.
.
GÊNESIS
(André L. Soares)
.
Por Tua vontade o nada se fez óvulo,
para gerar perfeito cosmo físico,
todo de gases, sólidos e líquidos
(mundos distantes, com um mesmo vínculo).
.
Os elementos voam (rotas em círculo),
pela explosão que expande luz e ritmo,
parindo estrelas (símbolos do místico)
na proporção divina de Teu cálculo,...
.
que muito além da mágica e da lógica,
supera mais de dois bilhões de séculos
(desse universo imune ao verbo trágico),
.
e acresce, à esfera azul, a melhor fórmula,
modificando a essência das moléculas,
até brotar a vida... e um ser fantástico!
.
.
.

.
Leia também:
Gritos Verticais /O Poema de Cada Dia /Poética Herética /Raiz de Cem /Sons de Sonetos

25 comentário(s) to Gênesis:

ICPNI disse...

"E, havendo Deus acabado no dia sétimo a sua obra, que tinha feito, adescansou no sétimo dia de toda a sua obra, que tinha feito".Gn 2:2
Lindo poema, parabéns amado.
A paz

Sumy disse...

Lindas palavras, como sempre.
Parabéns por esse dom divino.

ProfessorNelsonMS disse...

Gostei André,

Você colocou nos seus versos, ciência e arte, razão e sentimento. Foi o que enxerguei.

Acho essas combinações muito interessantes. Procuro fazer isso em minhas aulas e posts.

Um abraço.

Rita disse...

André,... duas palavras me vêem a boca enquanto enquanto leio esse Soneto: Maravilhosoo e Geniallllllll!

Perfeição meu querido Poeta!

Agradeço muito, não só por ter me dado a oportunidade de acompanhar o início desse soneto maravilhoso, mas também de agora poder apreciá-lo aqui nessa postagem de profundo bom gosto. Adorei!

Parabéns, André! :)
Beijussssssssssssssss

Sissym disse...

Ahhh André, vc existe mesmo?!
Imagine só nossa esfera azul que sofre porque a maltratamos e apesar disso ela nos responde diariamente em vidas, sejam quaisquer formas, mas numa explosão sobrenatural da renovação!
Ela precisou de tantos milhares de anos para nos trazer cor e vida...
antes de nossos ventres férteis a mãe terra sempre foi soberana!

Que lindo! E a fotografia?! Que expressiva! Parabéns por tamanha sutileza!

Beijinhos....

Antonio Regly disse...

André,
A beleza do seu poema está em atribuir a Deus, o Criador, todas as coisas, inclusive este seu dom de poetar, a quem devemos toda honra e toda glória.
Abraço do amigo,
Regly

Mirse disse...

Místico e real. Perfeito em tudo.

Belíssimo poema em tempos de re-novar.

Parabéns, André!

Abraços

Mirse

Sonia Schmorantz disse...

Fantástica imagem!
Que tenhas uma nova e iluminada semana, com muitas alegrias.
Um abraço

A.Tapadinhas disse...

Correcção e beleza nas palavras, elevação dos sentimentos e sensibilidade... Perfeito!
Abraço.
António

Viviana Khoury disse...

André,

raras vezes li um soneto entre tão bem urdido e pouco saciado, esquina entre carnaval e monastério. A vida é realmente uma alegre estrada poética e, escrava da emoção, pouco me resta senão presentear-lhe com um ignóbil soneto meu, saído de dias travos e gentís, porém honesto com a pele mais lavada.Seu título? encontre-o para mim. Ei-lo:

Deixa que eu seja a intriga ou a flor,
A lingüiça no prato que não queres,
A mais sonsa de todas as mulheres,
A santa no alto do seu andor.

Deixa que eu seja das fronhas o alvor,
A Inês que já é morta, o que quiseres!
A ambulância louca, seja o que for!
Tu serás corrimão em meus prazeres.

Chega-te mais, amor, vem, faz biquinho...
Põe meus fartos seios em tuas mãos,
Dois melões ardendo no mesmo ninho...

Vem comigo dançar na cena mais louca
E explodir, na confluência dos vãos,
Uma Via-Láctea em minha boca!...

Um beijo prenhe da poesia mais previdente,
Viviana

Lobodomar disse...

Viviana Khoury, boa tarde.

Muito obrigado!

Fico muito feliz que tenha gostado do meu soneto.

Fico ainda mais feliz com esse seu lindo soneto que você postou aqui nos comentários.

Certamente que também ficarei feliz por poder escolher um título para seu belo poema.

Contudo, preciso saber seu nome completo e o endereço de seu site, para que ueu possa fazer a devida atribuição de créditos à sua autoria, conforme reza a Lei Fedral n. 9.610/98 (Lei dos Direitos Autorais).

Tentei seguir seu link, para informá-la do que preciso; mas caiu em uma página inexistente do portal Terra.

Fico aguardando essas informações, para que eu possa também postar seu lindo soneto na próxima semana, aqui mesmo nesse blog.

Obrigado, mais uma vez.

Grande abraço!

Wanderley Elian Lima disse...

Olá, mto interessante seu blog, qdo puder conheça o meu.
htpp://wanderleyelian.blogspot.com

Cris disse...

André

Esse soneto traz a descrição mais bonita que já li sobre o início da vida e do planetinha azul.

Quiçá possamos mantê-lo como Ele o fez, isso seria retornar no tempo para buscar os sentimentos nobres, lá atrás deixados.

Cris

Gaudério disse...

Olá parceiro, aceita nova parceria? Já add o teu link no meu novo blog http://baixarprogramasfree.blogspot.com Dá uma olhada. Show de bola teus blogs!! De onde vem a inspiração? Um abraço.

Edson Luiz Pocahi disse...

Lidas palavras, como sempre...
Edson

Madalena Barranco disse...

Que poema lindo, André!! O Universo em poesia traz o ritmo variado da vida...

Muito obrigada por ser "seguidor" de meu blog Flor de Morango". Agorinha tambem me adicionei como sua "seguidora".

Abraços

Filosofia de gaveta disse...

Olá André...recebi do Xandy dois selos e agora repasso para seu blog!

Abraço

http://filosofiadegaveta.blogspot.com/2009/04/recebi-e-agora-repassando.html

MENTALIDADE disse...

Comparação brilhante, webmaster. Parabéms. Mentalidade

stériuéré disse...

Vim deixar um abraço e vim convidá-lo a ir buscar um prémio pa si lá no meu cantinho!

;)

Paulo - Intemporal disse...

Maio, o primeiro dia, o dia um, um dia, este.

Celebra-SE aquele que tem algo a fazer, ou que há tanto faz [...]

Maio também de Maria, de re.conciliação.

Maio de colher, a semente.

íssimo _______________________________ .

du domeneghetti disse...

belissimo!!!!

Beatriz Marassi disse...

Li, e me manteve estática por algum tempo. Intenso. Adorei, voltarei com frequência. beijos, desejo tudo de bom. ;D

centralexpert.net disse...

legal...

BLOG DO PROFEX disse...

Muito bem escolhido este texto. Gostei do blog. Grande abraço!

Maria Luisa disse...

Vc tem uma sensibilidade incrível!

Postar um comentário