Inicial | Postagens RSS | Comentários RSS | Editar

Ao Maldito George Bush

sábado, 17 de janeiro de 2009

(Demon’s Door - Gray Sapphire)
.
.
.
AO MALDITO GEORGE BUSH
(André L. Soares)
.
Chegado ao fim o horror que foi teu tempo,
marcado pelos traumas dessas guerras,
que a morte ganhe, pois, mil mãos severas
pra urdir teu mais moroso sofrimento.
.
Que, à madrugada, os gritos mais horrendos
– dos homens bons, dos quais fizeste feras –,
vindos das covas rasas e trincheiras,
cheguem a ti... sofridos e violentos.
.
Tendo levado caos a tanta gente,
que, então, conheças dor na iniqüidade,
preso às masmorras tórridas do inferno,
.
onde terás pavor por todo o sempre
e te unirás aos outros vis covardes,
quando virás a ser pasto de Cérbero.
.
.

.

.
Leia também:
Gritos Verticais / O Poema de Cada Dia /Poética Herética /Raiz de Cem /Sons de Sonetos

76 comentário(s) to Ao Maldito George Bush:

lua. disse...

nossa. Parabéns pelo blog. Está muito bom..

http://milagredosnovostempos.blogspot.com/

Beijos

Isabel Branco disse...

André

Obrigada pela visita e por seguir o meu blog.
Bons e belos momentos de poesia que me foi dado descobrir nos seus blogs e ainda dei, apenas, uma vista de olhos.Parabéns!

Um abraço.

M. disse...

gostei do poema. e também do blog.
http://droga-de-verao.blogspot.com/

Jorge Alberto disse...

Traduza e mande para aquela besta quadrada do Bush. Porém, infelizmente, corre-se o risco de ele não entender nada.

Abraços.

Cinderela Compulsiva disse...

Parabens pelo Blog
e mais do que isso, parabens por escrever tão bem...E por fazer sonetos, é preciso ser msm mto bom pra se fazer um, eu por exemplo nunca tive essa capacidade.

Vou te aocmpanhar
===============================
http://calculadamente.blogspot.com/

André disse...

andre - desculpa eu questionar mas o poema deveria se estender a cada republicano americano. republicano é exatamente o que bush representa.

Carlinhos Medeiros disse...

Sou um aficionado por sonetos. Tenho alguns. Mas este dedicado ao terrorista é um dos melhores que já li.
Parabéns!

Luiz Antonio André disse...

Bravo André! Os poetas também devem repudiar o que é ruim.
Abraços.

Lustato Tenterrara disse...

Oi André...

Uma linda noite de domingo...

O blog está maravilhoso...
e bem organizado...

Parabéns.

Lustato.

PS.: Gostaria de convidar vc para fazer parte da minha Rede de Relacionamentos

Rede Brasil Poesias Rede de Música, Prosa, Verso,Poemas e Relacionamentos
é tipo assim um mini orkut ou myspace, mas com muitos mais recursos, melhor, mais bonita e voltada para a Arte & Cultura.

http://brasilpoesias.ning.com

Brasil Poesias Rede de Música, Prosa, Verso,
Poemas e Relacionamentos


Uma rede de relacionamentos com veia poética,
com muita Arte & Cultura.

É uma rede de relacionamentos
(perfis, comunidades, scrapbooks, etc)

Faça um perfil,
receba um lindo blog integrado
e players para publicar
músicas, foto-poemas,
fotos e vídeos. Todos os players possuem
gerador de códigos HTML EMBED CODE,
no estilo dos códigos utilizados no YouTube,
o que permite a disseminação das obras,
pelos próprios leitores, internautas, usuários.

Dê esse presente aos seus textos e a vc também.

Visite também o Blog Oficial
da nossa Rede Brasil Poesia.
http://brasilpoesias.blogspot.com
Você também pode estar por lá, se desejar.
Blog Oficial da Rede Brasil Poesias

Aguardamos você por lá.

Um abraço.
Lustato Tenterrara
http://brasilpoesias.ning.com

Brasil Poesias Rede de Música, Prosa, Verso,
Poemas e Relacionamentos

http://brasilpoesias.ning.com/

Se preferir, digite:

brasil poesias

no buscador do Google, que a 1.ª página do Google te leva até lá

Abraço.

Lustato

Izelda Maia disse...

Parabéns pelo espaço, é muito interessante. E as poesias são maravilhosas.
abraço.

nando disse...

Não sei se Bush mereceria um soneto não. Mesmo sendo pra criticá-lo. A arte não condiz com ele.

Custódia Wolney disse...

André, você como sempre escrevendo poesias profundas. Esta ao George Bush não poderia ser mais pontual e verdadeira!
Parabéns pelo Blog e por nos presentear com tanto sentimento traduzido em forma de poemas.
Beijos!

Serena Flor disse...

André, seu soneto é maravilhoso e super atual meu querido!
Adorei teu blog e serei sua seguidora ok?
Beijos e ótima semana.

Vieira Calado disse...

Um belo soneto escrito como deve ser, a um homem horrível.

Um forte abraço

Carlos Barros disse...

Um manifesto expressado através da Arte. Em versos lancinantes despertados pelo sentimento de indignação de grande parte do mundo.

Deixo meu abraço e Parabéns.

Rita Costa disse...

Querido Poeta, como havia citado no coment anterios, não que fiquei surpresa esse soneto viu .:) Afinal não é de hoje que sei o quanto você é gênial na arte dos versos e, que é também um defensor da liberdade, do respeito ao próximo e todas aquelas outras coisinhas, que nos tornam pessoas de bem, Seres humanos no verdadeiro sentido da palavra.
Então fica aqui meu agradecimento, por mais essa preciosidade para a nossa literatura, meu agradecimento, pelo sapato que também eu queria muito ter jogado e, claro, minha admiração pelo poeta talentoso e pessoa maravilhosa que você é!
Parabéns, querido! :) Beijus, beijusss e beijusssssssss

(Carlos Soares) disse...

Não vai deixar saudades com certeza, mas a omissa senhora ONU tem culpa

rosa dourada/ondina azul disse...

Gosto destes sons de Sonetos!!!

Poema super bem apropriado, infelizmente...

Boa semana,

Nathália disse...

Sou antenada em poesia (não por acaso, trabalho como assistente editorial do poeta Ulisses Tavares, conhece?), visitei seu blog e gostei muito.

Olha, se puder, dá um toque para seus blogueiros e amigos olharem o site que gerencio:

www.ulissestavares.com.br

Sempre tem poesia nova lá e os visitantes concorrem a um livro autografado toda semana.

Sem burocracia e sem despesa alguma. Basta clicar no site, enviar um e-mail e concorrer.

Grande beijo e continue no caminho da poesia que o mundo precisa disso,

Nanda, Fê R. disse...

Descobri hoje que você acompanha meu blog... e só hoje vim fazer uma visita decente ao seu, que vergonha! rsrs

Sinto mesmo não tê-lo descoberto antes, os poemas são perfeitos! Meus parabéns...

obrigada por acompanhar o meu humilde blog inútil... rsrsrs

td de bom
até
=*

Zé Carlos disse...

Olá amigo
Obrigado por acompanhar meu blog. O seu é excelente e será acompanhado de perto.
Um abraço do tamanho do Brasil, ZC

Elma Carneiro disse...

Olá André
Bem em tempo com as verdades sobre o sanguinolento George Bush.
Obrigada pela sua presença em meu espaço, assim como por ser um de meus seguidores.
Meu blog, só tem 9 dias de existência., e será direcionado somente para a arte contemporânea e seus adeptos.
Devo fazer uma postagem a cada 10 dias visto serem bem longas. A próxima será com Paul Cézanne, que acredito ser um dos primeiros desbravadores para a entrada da arte moderna.
Volte sempre, é uma intimação rsrs
Beijos.

HAZEL disse...

Que blog maravilhoso.
Muito, muito interessante.

Parabéns!

disse...

Foste soneto, mas tão real que até assusta
Parabens!

Abços

Textos e Poesias disse...

Bom demais vê-lo em minha página...andei um tempo longe...sempre o lia no orkut...

beijus gigantes de paz!

apareça sempre...

Lu Cavichioli disse...

Nossa que poema devastador! Mas é exatamente o que essa besta-fera merece.
Eu adoro sonetos, e nunca tinha pensado que eles emitem sons. Você tem a sensibilidade para ouví-los.

Agora ficarei mais atentas a eles.Pena que não sei fazer sonetos.

Teu blog é show. Obrigada por fazer parte do rol de meus seguidores.

Abraços

JO disse...

Querido ANDRÉ
Busch nos ensinou a olhar para frente! para o FUTURO ...
Infeliz dele que olha para a teia triste que construiu no passado
da TERRA

SUCESSO PRA TI MEU IRMÃO! SEMPRE

Cleo disse...

Olá, que soneto! tomara mesmo que o Bush se torne pasto do Cérbero. Elw não pode ficar impune.

Beijos e belo domingo.
Cleo

~PakKaramu~ disse...

Pak Karamu visiting your blog

Luan A. Miolo disse...

Oii... tm selo pra vc no meu blog ^^

abrass.

João S. Magalhães disse...

Aterrissei aqui, vindo do BlogBlogs. Gostei do que vi. Há posts bem interessantes como este que acabei de ler. Voltarei mais vezes.

Abraços e muito sucesso para o seu blog em 2009.

Caroline disse...

Oi! Bem, achei seu blog muito bom, e por isso te dei um selo^^ Passa no meu blog pra ver =)

http://cantodoescritor.blogspot.com/

Caroline disse...

Oi! Bem, achei seu blog muito bom, e por isso te dei um selo^^ Passa no meu blog pra ver =)

http://cantodoescritor.blogspot.com/

- mandy disse...

Muito bom o poema...
Diferente...Já que na maioria das vezes se vê poemas falando de amor, amizade, tristeza e blá.

Obrigado pela visita.
;)

Multiolhares disse...

Pessoas como ele, onde os demonios imperam, mais cedo ou mais tarde tem de ser castigados e muito, como acredito na reencarnação penso que a vida dele será terrivel

bj

Victor Borba disse...

Gostei muito dos seu blogs. Bons textos e muito interessantes.
Pretendo acompanhar.

Até.

pinguim disse...

adoro a maneira como se descreve no perfil. um beijo

della-porther disse...

muito interessante.


della-porther

Ana Martins disse...

Parabéns pelo soneto!
Pessoalmente adoro sonetos, este está fantástico, se bem que muito duro, eu diria temeroso até... Mas a pessoa retratada nele não merece de todo palavras doceis!

Beijinhos,
Ana Martins

Ananias Duarte disse...

Olá LoboDoMar, obrigado por nos acompnhar. Estarei, tb, te acompanho de perto.
Parábéns, ótimo blog de muito bom gosto.
Eu, nada sei de poesia ou sonetos, porém os admiro e aprecio.
inté

Raísa Mamed disse...

Gostei dos blogs!
Parabéns...

Comecei a postar agora
http://constantemutacao.blogspot.com/


um abraço

Raísa Mamed disse...

Seus Blogs são otimos, parabéns pelo poema...

Comecei postar faz pouco tempo:
http://constantemutacao.blogspot.com/

Um grande abraço

Vera disse...

Uau, faço minhas, as tuas palavras!
Gosto de tudo o que voce escreve, em cada blog!
Por isso o indiquei ao Premio Dardos, mesmo sabendo que voce é premiadissimo! É a minha expressão de admiração! Espero que aceite! Bom FDS!

°•~ ∂ąnnι °•~ disse...

Passa lá no meu blog, tem um desafio pra ti.

Bjs!

Danni

=)

Lêda Maria disse...

Espere que Obama tenha não tenha abraçado esta causa :#

E que tudo dê certo!

Parabéns pelo conteúdo da postagem.

a.menina disse...

Sinto-me verdadeiramente orgulhosa por fazer parte da geração que viu pela primeira vez um afro americano ser "dono" da Casa Branca, é sem duvida uma prova mais que irrefutável da viragem de mentalidades e da chegada de novos tempos.

Parabéns pelo seu blogue, gostei bastante.
Obrigada pela visita e por ter "linkado" o meu.

Beijinho

Adriana Costa disse...

Olá André,
tem um selo virtual de reconhecimento para o Sons de Sonetos lá no meu blog.

Beijinhos @}--

Drauzio Milagres disse...

Já vai mais do que tarde. É o maior assassino do século. Um abraço. Drauzio Milagres.

Paula disse...

Adorei o seu blog.Parabens

Paula

Custódia Wolney disse...

André. Desde muito tempo acompanho os teus sonetos. Já no orkut era sua fã.

Passa lá no meu blog, na última postagem, deixei um mimo para você, que me conquistou com suas palavras.

Beijos.

manzas disse...

Lá fora chove o calado momento
Que repassa na alma, ansiedades…
Saltam inquietas chamas de dentro
Do meu peito, alagadas saudades

Um fim-de-semana ensopado
De paz e harmonia…
De coração ornamentado
De muita alegria

O eterno abraço…

-Manzas-

Roberta.rj disse...

Olá André, desculpe a demora em visitá-lo,mas estive de férias e longe do mundo virtual, mas agora estarei presente neste mundo novamente e agradeço por ter me add aos blogs que vc acompanha. Adorei o seu espaço e assim que puder vou conhecer os outros.
Um abraço!!!
ROBERTA

Cristiane Marino disse...

Oi André

Venho seguindo seu blog e é incrível como você "brinca" tão bem com as palavras.

Parabéns mesmo!
Indiquei um Meme para você! Confira no meu blog
Cris

Milouska disse...

Com muita força este soneto.
Um retrato fiel duma personalidade do nosso tempo... que desejaríamos não ter conhecido.
Parabéns!
Bjo,

Milouska

Felipe Attie disse...

Então, seguidor Visceral... Agora, todos os domingos eu assinarei uma coluna na revista digital Os Armênios (www.osarmenios.com.br), onde postarei textos e quadrinhos de minha autoria. Se tiver saco também, dê uma conferida no Visceral Literário(www.visceralliterario.blogspot.com), pois eu transferi todos os meus quadrinhos pra lá. Obrigado e até...

anareis disse...

Estou fazendo uma campanha de doações para criar uma minibiblioteca comunitaria na minha comunidade carente aqui no Rio de Janeiro,preciso da ajuda de todos.Doações no Banco do Brasil agencia 3082-1 conta 9.799-3 Que DEUS abençõe todos nos.Meu e-mail asilvareis10@gmail.com

manzas disse...

No castelo
Das expressões,
Estas palavras
Sobrevoam
O mundo inteiro…
Acorrenta e entoam
Paz aos corações
E aqui
Ao lê-las…
Ficarei prisioneiro

Uma semana carregada
De saúde,
Paz…
E muito amor.

O eterno abraço…

-MANZAS-

ALGUÉM disse...

uau!!!!!!

espero vc lá!
tem texto novo..
bjos.

ZAZÁ LEE disse...

Estou confusa quanto ao seu Blog "LOBO DO MAR" !
Vc esteve visitando o meu e não consegui achar vc!
Qual seu blog afinal?
Gostei do que vi por aqui
quero estar mais presente... ajude-me Ok?
abraço....

ZAZÁ LEE disse...

Estou confusa quanto ao seu Blog "LOBO DO MAR" !
Vc esteve visitando o meu e não consegui achar vc!
Qual seu blog afinal?
Gostei do que vi por aqui
quero estar mais presente... ajude-me Ok?
abraço....

daufen bach. disse...

Olá meu caro!
aqui te visitando.
Obrigado pela visita no blog, por estar acompanhando. Andei bisbilhotando teus blogues e gostei muito do que vi.

Um grande abraço!

daufen bach.

Felipe Attie disse...

Vamos combinar uma coisa: Vamos parar de falar do Bush? Voltarei...

Serena Flor disse...

Olá meu querido, passando pra dizer que tem um selinho pro teu blog. Caso queira é só pegar na minha galeria de selos que fica na coluna lateral do meu blog ok?
Um grande beijo e fique com Deus!

Jonathan disse...

Olá parceiro, tudo bem? Sou do Jotablog.com. Parabéns pelo blog está ótimo. Gostaria de propor parcerio com mais dois de meus blogs o infinitoazul.com e o aueblog.com, aceita? Aguardo sua resposta! Abraços.

Ritmo da Poesia disse...

tem um presente pra vc em meu blog!

Índia disse...

O termino do mandato dele (Bush) foi um alivio para todos. Imagino que deve ter muitos pesadelos com os inocentes que morreram e ainda estao la no meio da guerra. O infeliz ja foi tarde.

Muito bom o poema.

Beijao.

Horushu disse...

Não sei o que dizer do George W. Bush. Assassino em massa, psicopata, matou mais pessoas do que eu formigas. Tornou-me pior pessoa.
Um abraço,
Jorge

Márcio Lopes disse...

Esse soneto é diferente. Tem ódio. É a primeira vez que vejo um soneto assim, tão agressivo. E gostei muito. Tinha que ser você a escrevê-lo. Abçs.

joão marcos disse...

nossa tem ate poema do bush e muito doido.

http://www.mundosubliminar.xpg.com.br

Zélia Porto disse...

Só um poeta do seu gabarito pode escrever algo assim, tão duro, e ainda fazê-lo de forma bela. Qouase como regra, sonetos são melosos e dotados de um romantismo surreal. Os seus, ao contrário, são construídos em um contexto de muita realidade. Parabéns.

edna disse...

Olá André, meu nome é Edna e tomei a liberdade de usar suas produções, que particularmente adorei, para usar com meus alunos.
Estamos estudando Figuras de Linguagem e adorei seus textos. Me ajudaram bastante. Não estranhe se algumas pessoas que vc não conhece invadir seu blog pra ver seus trabalhos. São meus alunos.
Abraços e parabéns...

Andre L. Soares disse...

Edna, bom dia.

Tenha plena certeza de que não ficarei chateado. Ao contrário. Já fui educador e, assim, se minha poesia puder, de alguma forma mínima, servir à Educação, então terá encontrado seu uso mais nobre.

Diante disso, somente posso lhe ser imensamente agradecido.

Não estranharei seus alunos. Tanto você quanto eles serão sempre muito bem-vindos aos meus blgos.

Muito obrigado.

Sucesso pra você em sua missão educacional,... hoje e sempre.

Grande abraço!


André L. Soares

Anônimo disse...

ler todo o blog, muito bom

Violeta Azul disse...

É, já vi que, poema forte é com você mesmo. Parabéns.

Maria Luisa disse...

kkkkk...gostei!

Maria Luisa disse...

kkkkk...gostei!

Postar um comentário